Sua empresa sabe quanto cobrar por produtos e serviços?
quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Por: Ale Rodrigues

Posicionar-se com clareza no mercado e precificar adequadamente produtos e serviços é uma tarefa desafiadora e de extrema importância para a sobrevivência de qualquer negócio. Além dos impostos, que podem mudar de acordo com o porte e setor do negócio ou com o regime tributário adotado pela empresa, vários outros aspectos internos e externos ao negócio devem ser considerados para uma correta composição de preços.

Muitas perguntas devem ser feitas, para entender quanto cobrar por produtos e serviços:

  • Qual o valor agregado ou diferencial do seu produto serviço?
  • Esses diferenciais são percebidos pelos seus potenciais clientes?
  • Quais as práticas da concorrência?
  • Sua empresa atua em nichos de mercado?
  • Os processos são eficientes, sua equipe é altamente produtiva?
  • Qual sua capacidade produtiva?
  • Os preços do seu negócio são determinados pelo mercado?
  • Existe algum tipo de regulamentação no seu mercado?
  • Quais são os seus custos operacionais?
  • Quais seus custos financeiros?
  • Custos diretos e indiretos, você tem essas informações em detalhes?
  • Sua logística é eficiente?
  • Quais as margens de lucro esperadas pelos sócios? Elas são realistas?

Essas são perguntas cujas respostas encontradas ilustram bem alguns de vários aspectos que devem ser considerados por qualquer empresário que almeja o sucesso financeiro.

Com respostas claras, as decisões podem ser tomadas

Após tais esclarecimentos, fica então a grande questão que o empresário deve obrigatoriamente saber responder:
Os preços de seus produtos ou serviços estão condizentes com a realidade do mercado, bem como com as necessidades financeiras de sua empresa?

Seja honesto consigo, faça essa reflexão sem julgamentos, pois a resposta encontrada poderá fazer toda a diferença para redirecionar e revigorar seu negócio, seja ele uma pequena indústria de móveis, uma clínica médica ou odontológica, uma pizzaria, uma loja de roupas ou um food truck.

Nos negócios, O instinto é importante, mas deve haver planejamento, não pode existir “achismo”. Os gestores devem conhecer a fundo os seus mercados e sua empresa para definir quanto devem ou podem cobrar,
sem incorrer em prejuízos ou ficar fora do seu mercado.

Você não pode praticar um determinado preço de venda simplesmente por que seus concorrentes o fazem. Se encontrar dificuldades em encontrar essas respostas, não hesite buscar apoio.

Sobre o Autor:

CEO Direcione - Mentor de Coaches - Mentor em Estratégia Empresarial - Coach Financeiro Business - Coach de Pontos Fortes (Gallup Certified) - Adm. pela EAESP-FGV - Licenciado Abracoaching.

Assine nossa newsletter e receba nossas dicas e artigos em primeira mão no seu e-mail.

Deixe um comentário

ENTRE EM CONTATO
WhatsApp chat