Mentoria empresarial: o que é e como funciona?
terça-feira, 22 de novembro de 2016

Por: Ale Rodrigues

A criação de uma empresa, assim como seu desenvolvimento e sucesso, são os grandes desafios do empreendedor. É comum que empresários lidem com decisões difíceis ou situações que demandam experiência no ramo para encontrar soluções eficazes. Nessas ocasiões, ter a orientação de um tutor como forma de aconselhamento profissional é uma das alternativas que vem sido buscadas pelo setor corporativo. Porém, a mentoria empresarial ainda é desconhecida por muitos administradores no Brasil.

Neste artigo, vamos esclarecer os benefícios que esse tipo de suporte oferece para empreendedores. Confira:

Conceito de mentoria empresarial

O papel do mentor é proporcionar ao empresário uma assistência, como um guru disposto a compartilhar seu conhecimento adquirido ao longo dos anos em seus negócios.

O orientador também é um empresário, que cumpre o papel de um padrinho experiente, ou seja, alguém com maturidade profissional. Ele é capaz de analisar outras empresas e aconselhar os proprietários sobre os pontos positivos e negativos da companhia, por meio de sua expertise.

Como funciona

O mentor dá suporte e encoraja outra pessoa a desenvolver suas habilidades, dando a ela base para um aprendizado contínuo na prática, de acordo com a própria vivência. Diferente do coaching, a mentoria empresarial não tem um prazo estabelecido, de alguns meses, nem consiste em um treinamento ou metodologia. Ela é personalizada e pode durar até quando o cliente não achar mais necessário o auxílio do profissional para tomar decisões com autonomia.

O serviço pode ser contratado na fase inicial do negócio, no período de desenvolvimento e expansão ou em momentos mais críticos. A efetividade do processo torna-se possível porque o mentor tem conhecimentos na área de atuação do cliente.

Diferença entre mentor e consultor

É importante não confundir a mentoria com consultoria. O consultor é aquele que apresenta uma proposta específica para um projeto da companhia, como a criação de um novo produto.

Já na mentoria, o empresário discute periodicamente com o profissional sobre os desafios do negócio, com um suporte mais abrangente, não apenas focado na empresa, mas também no sucesso do empreendedor.

Principais vantagens

Com o contato frequente do mentor, o empresário tem ajuda para evoluir não somente na área profissional, mas também na vida pessoal. A mentoria auxilia na análise de consequências das ações do líder, principalmente em decisões que causam grande impacto na empresa. A experiência do profissional permite que ele observe os processos por um outro ângulo, dessa forma, os empresários podem evitar erros cometidos por falta de formação ou vivência na área.

No Brasil, o índice de novas empresas que fecham de modo precoce é elevado em certas áreas. A cada 10, apenas 4 permanecem abertas após 5 anos de existência, de acordo com o IBGE. Certamente, esses empreendedores teriam tido grande proveito do aconselhamento de um mentor, aumentando as chances de desenvolvimento do negócio.

A tendência é que a participação da mentoria empresarial no país cresça cada vez mais e se popularize, tamanha a necessidade do mercado atual, principalmente em momentos de crise econômica.

Assim como você, outras pessoas de seu círculo social podem ter interesse nesse assunto, não é? Então compartilhe nosso artigo e ajude a espalhar o conhecimento!

 

“A nossa missão é te ajudar a encontrar e viver a sua.”

Ale Rodrigues e Ana Paula Casseb
Direcione Desenvolvimento Humano

Paixão, Propósito e Prosperidade!

Sobre o Autor:

CEO Direcione - Mentor de Coaches - Mentor em Estratégia Empresarial - Coach Financeiro Business - Coach de Pontos Fortes (Gallup Certified) - Adm. pela EAESP-FGV - Licenciado Abracoaching.

Assine nossa newsletter e receba nossas dicas e artigos em primeira mão no seu e-mail.

4 respostas para “Mentoria empresarial: o que é e como funciona?”

Deixe um comentário

ENTRE EM CONTATO